10 dicas para melhorar a qualidade de vida do cadeirante

7 minutos para ler

Muitas pessoas não fazem ideia de como é a vida de um cadeirante. Em primeiro lugar, é preciso pontuar que a conquista da independência e a facilidade para realizar as tarefas do dia a dia é essencial para a qualidade de vida da pessoa com deficiência. Afinal, é fundamental promover a autonomia e o aumento da sensação de pertencimento no meio em que ela vive.

No entanto, a acessibilidade ainda é um desafio para quem vive no Brasil. Embora o país conte com uma legislação sobre o tema — que determina a obrigatoriedade de recursos para o conforto e a segurança dessas pessoas —, o cumprimento dos seus termos ainda não é seguido em muitos espaços e cidades.

Porém, isso não implica necessariamente uma vida totalmente desconfortável. Para que tudo se torne mais fácil e prazeroso, é importante adotar ações que promovam o bem-estar da pessoa com deficiência. Neste artigo, vamos mostrar dicas do que pode ser feito para você alcançar esse objetivo. Acompanhe!

1. Pratique atividades físicas

Basquete em cadeira de rodas. Primeira modalidade Paraolímpica ...

A prática de exercícios traz inúmeros benefícios para a saúde física e mental. Afinal, ela melhora a qualidade de vida, fortalece o corpo e faz o cérebro liberar endorfina, o que resulta em sensação de alegria e prazer.

Para as pessoas com deficiência, ela representa momentos de felicidade, realização pessoal, independência, otimismo, contato social e, principalmente, uma grande melhoria na autoestima.

Existem muitos esportes adaptados que têm cumprido muito bem sua função de melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, como o basquete, o tênis de mesa, o remo adaptável e até mesmo o ciclismo. Sendo assim, basta que o cadeirante escolha o seu preferido e comece a praticá-lo.

2. Invista na interação social

Por colega deficiente, alunos têm dia com cadeira de rodas no ...

A interação social com amigos e familiares é muito importante para que a pessoa com deficiência se sinta parte da comunidade e tenha uma convivência direta com outras pessoas.

Praticar esportes coletivos, participar de grupos de acolhimento ou simplesmente criar o hábito de reunir entes queridos em casa são excelentes alternativas para fortalecer laços e promover uma maior socialização entre essas pessoas.

3. Escolha a cadeira de rodas adequada

Dicas para aumentar a vida útil da sua cadeira de rodas | Blog ...

Para garantir a qualidade de vida do cadeirante, também é preciso avaliar alguns fatores na hora da escolha da cadeira de rodas, como o modelo mais adequado (manual ou motorizado), a durabilidade, os ajustes e os acessórios. Isso faz com que ela seja adaptada ao estilo de vida do usuário da melhor maneira possível.

4. Adapte sua residência

UMA CASA ADAPTADA PARA NECESSIDADES DE LOCOMOÇÃO - Casadaptada

Se você é uma pessoa com deficiência ou mora com alguém que é usuário de cadeira de rodas, provavelmente deve saber que é preciso fazer algumas adaptações em casa, não é verdade? Além de garantir a segurança e o conforto, esses ajustes também permitem mais autonomia na locomoção e na realização das atividades cotidianas.

Portanto, é necessário investir em rampas, nivelamento de pisos, barras de apoio, camas eletrônicas e banheiros confortáveis. Além disso, quem tem piscina em casa pode instalar um elevador individual ao lado dela, já que as atividades na água também são uma ótima terapia para pessoas com deficiência.

5. Cuide da alimentação

Como ter uma alimentação saudável em tempos de pandemia? | Saúde

Como sabemos, uma alimentação saudável é essencial para nos sentirmos bem. Isso se aplica principalmente à pessoa com deficiência, que merece total atenção quando o assunto é nutrição. Em muitos casos, devido à maior propensão ao ganho de peso e ao desenvolvimento de doenças, é fundamental contar com o apoio de um nutricionista.

Dessa forma, além de manter o bom funcionamento do organismo, será muito mais fácil obter uma alimentação mais nutritiva, diminuindo os problemas de saúde e aumentando a qualidade de vida.

6. Mantenha a mente ativa

Desafio Mente Ativa – AABB - Santos AABB – Santos

Investir em uma nova atividade, ler, fazer um trabalho voluntário, entre outras tarefas, são formas de manter a mente ativa e, por conseguinte, promover sua qualidade de vida. Até mesmo praticar jogos de tabuleiro, com a família ou os amigos, ajuda a trabalhar a mente.

Se você está sentindo sua vida muito monótona ou vive na correria e cansado de fazer as mesmas coisas, reflita se não é a hora de se reinventar e desenvolver novas habilidades com coisas que façam bem. Aliás, manter a mente em movimento é importante para prevenir até mesmo determinadas doenças, como o Alzheimer.

7. Pratique meditação

Meditação para momentos de ansiedade | Personare

Há quem diga que a meditação é um recurso para higienizar a mente e restaurar as emoções. Por falar nisso, você tem o hábito de ficar sozinho e buscar o silêncio interior? Em um mundo cheio de ruídos, especialmente em grandes cidades, convenhamos que essa não é uma tarefa tão simples.

Porém, embora sejamos seres relacionais e dependentes do outro para que nos sintamos bem, meditar é essencial para ouvir os sinais do corpo e os desejos da mente presentes em nosso mais profundo interior. É por meio da meditação que muita gente consegue manter o equilíbrio e a resiliência diante dos desafios do dia a dia e da vida.

8. Durma bem

Dormir mais de 10 horas por dia eleva problemas cardiovasculares ...

Sabemos muito bem como é a vida de um cadeirante que precisa se locomover por cidades ainda não totalmente adaptadas aos deficientes físicos. Muitas vezes, a simples ação de subir em uma calçada não é possível devido à falta de acesso. Com empecilhos como esses e a correria do dia a dia, o estresse tende a aumentar.

Sendo assim, é fundamental repor as energias por meio de uma boa noite de sono. Aliás, dormir bem é importantíssimo para quem deseja ter uma melhor qualidade de vida. Durante o repouso noturno, funções importantes do corpo são reguladas, sem contar que esse momento é primordial para descansar a mente.

9. Tenha um hobby

Significado de hobby: entenda o que quer dizer essa expressão em ...

Poucas coisas são tão prazerosas na vida quanto ter um hobby, concorda? Inclusive, muitas pessoas descobrem ser boas em determinadas atividades a partir do momento em que começam a investir mais em uma atividade de que gostam.

Seja para relaxar a mente, passar o tempo ou exercitar a criatividade, os hobbies contribuem para que as pessoas com deficiência física — e todas as outras — tenham uma qualidade de vida melhor.

10. Cuide da saúde física e mental

Como manter a saúde física, mental e financeira? -

Como anda sua saúde física e mental? Você tem o hábito de ir ao médico regularmente? Se a resposta for não, saiba que está na hora de mudar isso. Muitas doenças são silenciosas e, se descobertas precocemente, podem ser tratadas de maneira eficaz. Por isso, o check-up médico é fundamental.

Além disso, é preciso adotar práticas que mantenham a mente saudável. Quem tem o olhar otimista diante da vida, mesmo quando está passando por problemas, tende a superar os desafios com mais facilidade e menos sofrimento. Lembre-se de que alguns obstáculos são importantes para o nosso crescimento e aprendizado. Se precisar de ajuda, procure um profissional.

Você, que conhece bem como é a vida de um cadeirante, agora também sabe que promover uma maior qualidade de vida para o usuário de cadeira de rodas é uma tarefa realizável. Com as pequenas ações descritas ao longo deste artigo, é possível garantir seu bem-estar e o máximo de satisfação ao encarar o cotidiano.

E aí, gostou de saber como melhorar a qualidade de vida do cadeirante? Quer mais informações como essas? Então, siga nossas redes sociais e mantenha-se sempre bem informado! Estamos no Facebook e no Instagram.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-