Musculação para cadeirantes: confira os benefícios e os cuidados a serem tomados

4 minutos para ler

A musculação é uma atividade física muito benéfica para a maioria das pessoas, inclusive os cadeirantes. Isso mesmo! Por diversos motivos, que vão desde o fortalecimento dos membros mais utilizados (os superiores) até o aumento da vascularização muscular, a musculação para cadeirantes é bastante indicada.

Mas é preciso ter cuidado ao começar essa prática sem a orientação de um profissional especializado. Essa adaptação da musculação é tão importante que, inclusive, nos cursos de Educação Física, existe um módulo chamado de “Educação Física Adaptada”.

Ficou empolgado com a ideia? Então, antes de partir para o treino, acompanhe o nosso texto com mais informações sobre o assunto!

Os benefícios da musculação para cadeirantes

Confira os benefícios da prática de musculação para cadeirantes!

Já adiantamos algumas vantagens dessa atividade, como o ganho de massa e o aumento da resistência e da flexibilidade dos membros superiores, que, no dia a dia, podem trazer muito mais autonomia, segurança e qualidade de vida ao cadeirante.

Mas existem muitos outros benefícios que também merecem destaque, como:

  • melhoria da circulação sanguínea em todo o corpo;
  • mais estabilidade;
  • contribuição para o bom funcionamento da bexiga, ajudando a prevenir infecções urinárias;
  • prevenção da atrofiação muscular;
  • fortalecimento do sistema imunológico;
  • melhoria do funcionamento intestinal;
  • aumento do humor, a autoestima e as relações sociais, além da diminuição do estresse.

Como praticar essa modalidade

Depois dessa grande lista de benefícios, você certamente está animado para começar os seus exercícios! Mas, antes, vale a pena conferir quais são indicados para cadeirantes e os cuidados que devem ser tomados. Acompanhe!

A forma correta de executar alguns exercícios

Veja quais exercícios podem ser praticados por cadeirantes durante o treino de musculação!

Alongamento

Essenciais para todas as pessoas, os alongamentos ajudam a evitar as chances de lesões durante o treino, além de diminuir as dores musculares e aumentar o fluxo sanguíneo. No caso do aluno cadeirante, é preciso alongar bastante os músculos da parte superior do corpo, como braços, pescoço e coluna — antes e depois do treino, ok?

Supino

Tayana Medeiros bate recorde brasileiro de halterofilismo paralímpico

Trata-se de um dos treinos principais para fortalecer os membros superiores, e não é diferente na musculação para cadeirantes. Com a ajuda da barra ou de halteres, o supino ajuda a ganhar massa muscular, força, alonga e previne o encurtamento da musculatura.

Bíceps na máquina

Homem fazendo exercício de peso pesado para bíceps na máquina em um ginásio  | Foto Premium

Um exercício facilmente adaptável ao cadeirante, ele melhora a qualidade dos braços e ativa a musculatura deles, o que é essencial para fortalecer e definir os membros superiores.

Cicloergômetro de braços

Pedalinho Mini Bike Para Fisioterapia - Carci - Pilates E Rpg - ShopFisio

Cada vez mais comum (até mesmo nas UTIs), o cicloergômetro é um aparelho que ajuda o cadeirante a perder peso e a melhorar a sua capacidade cardiorrespiratória com segurança e conforto.

Os cuidados a serem tomados

Como dissemos, é preciso contar com a orientação de um profissional capacitado para que os treinos aconteçam de forma segura.

Uma das melhores formas de praticar a musculação é em academias com aparelhos adaptados, mas isso não é imprescindível. É possível fazer adaptações simples para trazer essa segurança ao cadeirante, como a utilização de faixas para fixação do quadril e da própria cadeira de rodas, além de munhequeiras (para os alunos que não têm o movimento das mãos).

Também vale lembrar que os treinos devem ser individualizados, respeitando as capacidades físicas e emocionais de cada aluno. Afinal, trata-se de um desafio a ser superado, que precisa atender as necessidades de cada pessoa.

Essas são apenas algumas sugestões de treinos que podem ser praticados na musculação para cadeirantes. As possibilidades são inúmeras, assim como os benefícios, e podem ser aproveitadas desde a adolescência. Basta que você busque pelo profissional certo para orientar a prática e respeite os seus limites.

E você, já conhecia essa possibilidade de musculação para cadeirantes? Já fez ou faz alguns desses exercícios? Divida a sua experiência com a gente nos comentários!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-