Yoga para cadeirantes: fique por dentro dos principais benefícios

4 minutos para ler

Engana-se quem pensa que yoga para cadeirantes é algo inalcançável. Isso, porque os princípios dessa prática milenar são claros: encontrar o equilíbrio entre o corpo, a mente e o espírito, e isso independe dos desafios físicos que o praticante possa ter.

Assim, pessoas que vivem com alguma deficiência, podem fazer e usufruir de todos os benefícios do yoga, pois, nas aulas, as técnicas tradicionais são adaptadas de acordo com a necessidade — quem usa cadeira de rodas pode praticar sentado na própria cadeira ou sob um tapete, caso consiga.

Se você ficou interessado em saber mais sobre o yoga para cadeirantes, continue a leitura e confira todos os benefícios que essa prática pode proporcionar!

Quais os principais benefícios do yoga para cadeirantes?

As vantagens do yoga para a saúde mental e física são notórias. Contudo esses benefícios são ainda mais evidentes para os cadeirantes, já que, durante a prática, são trabalhadas diversas técnicas de respiração, postura, relaxamento, mantras e meditações, colocando o corpo e a mente em perfeita harmonia. Confira alguns desses benefícios:

Melhora da coordenação motora

A prática do yoga permite o relaxamento do corpo, melhorando a coordenação motora, o equilíbrio, a resistência física, a flexibilidade, força e tônus muscular, além de melhorar a circulação e evitar dores nas articulações.

Além do mais, com o vasto repertório de movimentos, também auxilia na prevenção de machucados na pele e coágulos sanguíneos, pois o corpo agora não fica sempre na mesma posição.

Melhora da postura

Uma das principais razões pelas quais o yoga é muito benéfico para os cadeirantes é a melhora da postura. Esse alinhamento obriga o corpo a ganhar equilíbrio, mesmo que seja difícil no início. Com o tempo, o corpo se acostuma e fica mais fácil ter uma postura adequada durante o dia a dia.

Aumento da autoestima

O yoga para cadeirantes também tem o grande benefício de elevar a autoestima dos participantes. Mesmo as pessoas que têm restrições físicas mais severas, com o tempo, conseguem desenvolver e melhorar sua postura, o que eleva o seu bem-estar e a sensação de superação.

Consciência corporal

Quando a pessoa tem alguma deficiência é importante que ela tenha consciência do seu corpo, se conheça e, principalmente, compreenda quais limitações podem ser superadas. O yoga para cadeirantes possibilita que o indivíduo se reconecte com seu corpo e com sua autoconfiança.

Maior independência

Por meio dos alongamentos e exercícios adaptados, principalmente os de respiração e meditação, a pessoa com deficiência física encontra um meio para aceitar e viver melhor a sua condição. Assim, o yoga para cadeirantes estimula a autonomia, a independência e a integração social.

Quais os cuidados necessários durante a prática do yoga?

Como vimos, o yoga para cadeirantes oferece diversos benefícios, tanto físicos, quanto mentais. Contudo ainda são necessários alguns cuidados para evitar lesões ou dores durante os alongamentos e exercícios.

Dessa forma, antes de qualquer coisa, é preciso fazer um check up para garantir que sua saúde está em ordem e também ter o acompanhamento de um médico. Esse profissional poderá orientar quais posturas são mais adequadas para sua condição específica, evitando possíveis lesões ou desconfortos.

Além do mais, é essencial procurar um lugar que ofereça um espaço adaptado e acessórios que facilitem a prática, como cintos, blocos, cobertores, cadeiras e bancos. Por fim, o mais importante de tudo é respeitar os próprios limites, ter paciência e sempre progredir de acordo com a evolução do corpo.2

Tendo em vista os aspectos observados, fica claro que o yoga para cadeirantes é uma técnica muito recomendada, tanto para o controle emocional e da autoestima como também para a melhora do corpo. É um exercício que possibilita a superação de diversos desafios e traz bem-estar e satisfação para quem o pratica.

O que achou do texto? Se você gosta de praticar ou se interessa por esportes, não deixe de ler nosso post sobre como funcionam as cadeiras de rodas esportivas!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-